Biodiversidade | Flora | Flora exótica e invasora

Elódea
Elodea canadensis. Foto: Wikipedia
< >

NOME CIENTÍFICO Elodea canadensis

CURIOSIDADES

Foi introduzida na Europa no século XIX.

Tem importância económica devido ao seu uso como ornamental.

Existem registos da presença da Elodea canadensis em águas profundas até 16m de profundidade.

Planta capaz de resistir durante semanas a períodos de seca das margens.

Distribuição

Nativa da América do Norte.

Em Portugal distribui-se na Beira e Douro Litoral.

CARACTERÍSTICAS

Descrição

Família: Hydrocharitaceae

Erva aquática vivaz verde-escuro com caules finos.

Folhas obtusas frequentemente três em cada nó com 5-12 mm de comprimento e 1-2 mm de largura. As flores flutuam à superfície, são brancas ou em tom púrpura claro com três pétalas e geralmente 3 sépalas; estames amarelos.

As raízes formam tufos fibrosos ao longo do caule.

Espécie dioica; a propagação por sementes é rara devido ao número reduzido de flores masculinas; a reprodução vegetativa por fragmentação é muito comum.

Habitat

Habitats estuarinos, lagos e charcos.

Ocorre em massas de água com profundidades muito variáveis desde águas rasas a profundas.

Impactes nos habitats invadidos

O crescimento rápido desta espécie conduz a uma forte competição por recursos com as espécies aquáticas nativas.

Reduz o crescimento dos produtores primários como algas e cianobactérias.